Cidades

Acreuna, GO

Trovoadas dispersas
29º C Terça-Feira
30º
21º
Qua
30º
22º
Qui
28º
21º
Sex
28º
21º
Sab
29º
21º

Acreúna é um município (também pode ser chamada de "cidade"), localizada no estado de Goiás (a sigla deste estado é "GO").


Sobre Censo Demográfico: O Censo realizado pelo IBGE aponta população estimada em 21.730 habitantes, sendo aproximadamente 10.379 homens e 9.900 mulheres. A densidade demográfica de 12.95 km².


As pessoas nascidas em Acreúna/GO são chamadas de "acreunense" (na expressão popular "Quem nasce em Acreúna é acreunense"). Atualmente existem 15.966 alfabetizados. O DDD (Discagem Direta a Distância) é 62


Sobre Religião: Segundo censo na cidade de Acreúna existe 12.019 habitantes da religião católica, 5.661 habitantes da religião evangélica e 373 habitantes espíritas.


Sobre IDHM: (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) que é composto por indicadores de três dimensões: longevidade, educação e renda. Este índice varia entre 0 e 1, sendo que quanto mais próximo de 1 maior o desenvolvimento humano. O IDHM de Acreúna/GO é 0.686 .

O código do município de Acreúna do IBGE é 5200134. Existem 7 postos de saúde (SUS) em Acreúna.


Saiba mais sobre Acreúna/GO: Identificamos em pesquisas realizadas em nosso banco de dados que existem aproximadamente 2 ruas cadastradas, distribuídas em 3 bairros (publicamos a relação destes 3 bairros organizados alfabeticamente na parte inferior desta página) na cidade de Acreúna/GO. E encontra-se também cadastradas em nossa base de dados cerca de 290 empresas, comércios, prestadores de serviço, profissionais liberais, autônomos, dentre outros. Sendo que estes podem ser facilmente encontradas em: applocal.com.br/empresas na cidade de Acreúna/GO.


Município de Acreúna
Município Acreúna
Estado Goiás
Gentílico acreunense
IDH 0.686
População
Total Estimada 21.730 Homens 10.379 Mulheres 9.900 Densidade 12.95 hab./km²
Religião
Católicos 12.019 Evangélicos 5.661 Espíritas 373
Fonte: IBGE
Acreúna Goiás - GO A idéia da fundação de Acreúna surgiu no início da década de 60, quando Benedito Aristogogo de Mello, sobrevoando a região num vôo Goiânia/Rio Verde, encantado com a paisagem, visualizou a construção da cidade. Em 1961, nas margens da rodovia Brasília-Acre, em construção, Benedito adquiriu 32 alqueires de terras na fazenda Veredão, paisagem anteriormente vista do sobrevôo, procedendo-se ao loteamento e à elaboração da planta da futura sede Municipal, denominada Acreúna , combinação de ACRE, destino da rodovia, UNA, homenagem a Paraúna, município de localização. Com o término da rodovia em 1963, fixaram-se no local os primeiros moradores: Carmo Gramulha, comerciante; José Pereira Nunes, com um posto de gasolina, Reginaldo Vasconcelos, Pelegrino e muitas outras famílias procedentes das regiões vizinhas, considerando-se o ano de 1964 como o da fundação do povoado. Devido ao crescimento demográfico e à expansão econômica, o povoado elevou-se a distrito, instalado em 1968. Já no início da década de 70, com a expansão da lavoura mecanizada e o crescimento da produção das terras férteis da região, Acreúna apresentava panorama visual e econômico de cidade. Obteve autonomia político-administrativa, pela Lei nº 8.386, de 14 de maio de 1976, dando-se a instalação do município em 1 de fevereiro de 1977, desmembrado de Paraúna. Gentílico: acreunense. Fonte: IBGE e Prefeitura Municipal.