Cidades

Araguapaz, GO

Trovoadas
25º C Domingo
29º
23º
Seg
29º
23º
Ter
28º
23º
Qua
27º
23º
Qui
29º
22º

Araguapaz é um município (também pode ser chamada de "cidade"), localizada no estado de Goiás (a sigla deste estado é "GO").


Sobre Censo Demográfico: O Censo realizado pelo IBGE aponta população estimada em 7.818 habitantes, sendo aproximadamente 3.851 homens e 3.659 mulheres. A densidade demográfica de 3.42 km².


As pessoas nascidas em Araguapaz/GO são chamadas de "araguapaense" (na expressão popular "Quem nasce em Araguapaz é araguapaense"). Atualmente existem 5.765 alfabetizados. O DDD (Discagem Direta a Distância) é 62


Sobre Religião: Segundo censo na cidade de Araguapaz existe 4.148 habitantes da religião católica, 2.423 habitantes da religião evangélica e 10 habitantes espíritas.


Sobre IDHM: (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) que é composto por indicadores de três dimensões: longevidade, educação e renda. Este índice varia entre 0 e 1, sendo que quanto mais próximo de 1 maior o desenvolvimento humano. O IDHM de Araguapaz/GO é 0.674 .

O código do município de Araguapaz do IBGE é 5202155. Existem 6 postos de saúde (SUS) em Araguapaz.


Saiba mais sobre Araguapaz/GO: Identificamos em pesquisas realizadas em nosso banco de dados que existem aproximadamente 2 ruas cadastradas, distribuídas em 2 bairros (publicamos a relação destes 2 bairros organizados alfabeticamente na parte inferior desta página) na cidade de Araguapaz/GO. E encontra-se também cadastradas em nossa base de dados cerca de 78 empresas, comércios, prestadores de serviço, profissionais liberais, autônomos, dentre outros. Sendo que estes podem ser facilmente encontradas em: applocal.com.br/empresas na cidade de Araguapaz/GO.


Município de Araguapaz
Município Araguapaz
Estado Goiás
Gentílico araguapaense
IDH 0.674
População
Total Estimada 7.818 Homens 3.851 Mulheres 3.659 Densidade 3.42 hab./km²
Religião
Católicos 4.148 Evangélicos 2.423 Espíritas 10
Fonte: IBGE
Araguapaz Goiás - GO No inicío da década de sessenta a região era um agreste sertão apenas habitada por animais selvagens. Em 1961, entrou o corajoso Dolzane de Paula Bastos, natural de Orizona-GO. Junto com alguns companheiros de luta, penetraram nas matarias, com seus cargueiros, abrindo picada a procura de um lugar para residirem e trabalharem. Estes traziam comestíveis, roupas, remédios para alguma emergência, e armas de fogo para se defenderem. Construiram seus ranchos, fixaram residências e plantaram roças às margens do Córrego Cambuí, numa região conhecida como Cavalo Queimado. Dolzane de Paula Bastos mandou lotear cinco alqueires goiano para serem vendido a quem interessasse fixar residência no povoado que ora se iniciava. Ele e seu sócio, Joaquim Pereira de Faria, fizeram doações de três alqueires de terra à Paróquia que ia se construir. Aos 3 de maio de 1961 a localidade recebeu a honrosa visita do Monsenhor Lincoln Monteiro Barbosa, que levantou o primeiro cruzeiro, como marco fundamental do lugar. Celebrou a primeira missa e realizou o primeiro casamento. Essas cerimônias encheram de grande emoção os corações dos poucos habitantes que existiam, lutando arduamente e, com a esperança segura de que um dia o povoado tornar-se-ia uma cidade do interior goiano. As boas qualidades da terra da região despertaram interesse de grande quantidade de migrantes de vários pontos do país, acelerando o desenvolvimento do povoado. No início do ano de 1962 existiam 11 ranchos de palha e uma estrada boiadeira que demandava à Cidade de Goiás, numa distância de 120 km. Em 05 de fevereiro de 1962 foi fundada a primeira escola, dirigida pela Profª Maria Soares Lopes da Silva, normalista formada na cidade de Formiga-MG; a qual funcionou num rancho de palha e recebeu o nome de Escola Tiradentes. Nesta mesma época foi instalada a primeira casa comercial, de propriedade de José Antônio Cláudio (conhecido com Zé Melquíedes) , para o fornecimento de diversos gêneros necessários aos habitantes do povoado recém criado. Devido o lugar estar situado próximo ao Ribeirão Cavalo Queimado ficou inicialmente conhecido com este nome. Em 19 de junho de 1963, pela Lei Municipal nº 42, foi elevado à categoria de distrito, com a área territorial desmembrada do Distrito de Mozarlândia, prevalecendo o nome de CAVALO QUEIMADO. Mais tarde passou a chamar São Joaquim do Araguaia e posteriormente ARAGUAPAZ. A origem do nome Araguapaz é devido a localidade estar situada no vale do Rio Araguaia e próximo ao Ribeirão Isabel Paes. A localidade tomou grande impulso de desenvolvimento a partir de 1970 com a construção de Rodovia GO-164 (Estrada do Boi) ligando a Cidade de Goiás a São Miguel do Araguaia e passando pela via de Araguapaz. Com perspectivas do aproveitamento do potencial turístico do Rio Araguaia, o governo estadual construiu uma rodovia ligando Araguapaz à Aruanã, ficando a sede do distrito numa localização privilegiada. Pela Lei Estadual nº 9.179, de 14 de maio de 1982, é criado o Município de Araguapaz, que foi solenemente instalado em 01 de fevereiro de 1983, com a posse do Prefeito Municipal, Sr. José João Henrique de Vasconcelos, e dos vereadores eleitos em 15 de novembro de 1982. Gentílico: araguapaense. Fonte: IBGE e Prefeitura Municipal.

Bairros de Araguapaz