Barreiros é uma cidade localizada no estado de Pernambuco (a sigla deste estado é "PE").


Sobre Censo Demográfico: O Censo realizado pelo IBGE aponta população estimada em 42.220 habitantes, sendo aproximadamente 19.885 homens e 20.847 mulheres. A densidade demográfica de 174.54 km².

 

As pessoas nascidas em Barreiros/PE são chamadas de "barreirense" (na expressão popular "Quem nasce em Barreiros é barreirense"). Atualmente existem 27.781 alfabetizados.


Sobre Religião: Segundo censo na cidade de Barreiros existe 18.911 habitantes da religião católica, 14.833 habitantes da religião evangélica e 51 habitantes espíritas.


Sobre IDHM: (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) que é composto por indicadores de três dimensões: longevidade, educação e renda. Este índice varia entre 0 e 1, sendo que quanto mais próximo de 1 maior o desenvolvimento humano. O IDHM de Barreiros/PE é 0.586 .

O código do município de Barreiros do IBGE é 2601409. Quantidade de Postos de Saúde e Barreiros, PE: 13.


Saiba mais sobre Barreiros/PE: Identificamos em pesquisas realizadas em nosso banco de dados que existem aproximadamente 3 ruas cadastradas, distribuídas em 2 bairros (publicamos a relação destes 2 bairros organizados alfabeticamente na parte inferior desta página) na cidade de Barreiros/PE. E encontra-se também cadastradas em nossa base de dados cerca de 645 empresas, comércios, prestadores de serviço, profissionais liberais, autônomos, dentre outros. Sendo que estes podem ser facilmente encontradas em: applocal.com.br/empresas na cidade de Barreiros/PE.

História da Cidade Barreiros, PE:

Município de Barreiros
Município Barreiros
Estado Pernambuco
Gentílico barreirense
IDH 0.586
População
Total Estimada 42.220 Homens 19.885 Mulheres 20.847 Densidade 174.54 hab./km²
Religião
Católicos 18.911 Evangélicos 14.833 Espíritas 51
Fonte: IBGE
Barreiros Pernambuco - PE Por uma concessão régia de Portugal, no princípio do século XVIII, existiu uma aldeia de índios, cujo chefe se dizia descendente do grande Camarão e que ficava localizada onde hoje é o engenho Benfica, então o Morgado do Cabo. concessionário de uma sesmaria de cinco léguas de terra. A referida sesmaria começava na Pedra do Conde, na praia de Tamandaré. e, tomando para o sul, abrangia grande parte dos terrenos atuais do município, onde foram erguidos os seus primeiros engenhos: Caraçu e Buenos Aires. A referida aldeia ficava entre esses dois engenhos. Os índios faziam grandes e freqüentes estragos nas lavouras circunvizinhas. Então, como uma medida protetora, o Morgado procurou conseguir do Governo a permuta dos terrenos dos índios por outros mais próximos do rio Una, onde eles pudessem viver da pesca e da caça com relativa facilidade. Deslocaram-se então, os índios para as margens do rio Una e situaram-se no ponto mais elevado. Aí foi levantada uma capela. hoje em ruínas, sob a invocação de São Miguel. No começo do século passado, Diogo Pais Barreto instituiu um patrimônio a Santo Antônio, abrangendo meia légua desses terrenos, sob a condição de que nele se erigisse uma capela ao referido santo. Os seus herdeiros ratificaram essa disposição e a capela foi edificada, consoante o desejo do doador. Data daí o início do povoamento de Barreiros. As escavações e depressões feitas nas circunvizinhanças pelos porcos do mato (caititus) para seus espojeiros deram o nome à localidade nascente, pois os índios começaram a denominá-la de barreiros. Muito próximo a êsses barreiros, o local onde começou a crescer e fixar-se um núcleo populacional, anos depois, tornou-se a sede do Município. A antiga aldeia dos índios ficou, então, conhecida pelo nome de Barreiros Velhos, enquanto que o local da atual cidade ficou sendo chamado apenas Barreiros. Gentílico: barreirense


Fonte: IBGE e Prefeitura Municipal.


Bairros de Barreiros