Cidades

Ceres, GO

Trovoadas
26º C Quarta-Feira
30º
22º
Qui
27º
21º
Sex
30º
21º
Sab
30º
22º
Dom
32º
21º

Ceres é uma cidade, localizada no estado de Goiás (a sigla deste estado é "GO").


Sobre Censo Demográfico: O Censo realizado pelo IBGE aponta população estimada em 21.909 habitantes, sendo aproximadamente 10.144 homens e 10.578 mulheres. A densidade demográfica de 96.69 km².


As pessoas nascidas em Ceres/GO são chamadas de "ceresino" (na expressão popular "Quem nasce em Ceres é ceresino"). Atualmente existem 18.036 alfabetizados. O DDD (Discagem Direta a Distância) é 62


Sobre Religião: Segundo censo na cidade de Ceres existe 12.579 habitantes da religião católica, 6.395 habitantes da religião evangélica e 289 habitantes espíritas.


Sobre IDHM: (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) que é composto por indicadores de três dimensões: longevidade, educação e renda. Este índice varia entre 0 e 1, sendo que quanto mais próximo de 1 maior o desenvolvimento humano. O IDHM de Ceres/GO é 0.775 .

O código do município de Ceres do IBGE é 5205406. Existem 30 postos de saúde (SUS) em Ceres.


Saiba mais sobre Ceres/GO: Identificamos em pesquisas realizadas em nosso banco de dados que existem aproximadamente 3 ruas cadastradas, distribuídas em 1 bairros (publicamos a relação destes 1 bairros organizados alfabeticamente na parte inferior desta página) na cidade de Ceres/GO. E encontra-se também cadastradas em nossa base de dados cerca de 738 empresas, comércios, prestadores de serviço, profissionais liberais, autônomos, dentre outros. Sendo que estes podem ser facilmente encontradas em: applocal.com.br/empresas na cidade de Ceres/GO.


Município de Ceres
Município Ceres
Estado Goiás
Gentílico ceresino
IDH 0.775
População
Total Estimada 21.909 Homens 10.144 Mulheres 10.578 Densidade 96.69 hab./km²
Religião
Católicos 12.579 Evangélicos 6.395 Espíritas 289
Fonte: IBGE
Ceres Goiás - GO A origem da Sede municipal remonta aos fins de 1940, com a doação da área, da Mata do São Patrício, para a criação de Colônia Agrícola, visando a integração do Centro-Oeste e Médio-Norte ao restante do País. Em 1941, efetivava-se, na margem esquerda do rio das Almas, gleba denominada São Patrício, a Colônia Agricola Nacional de Goiás -GO - (CANG), cujo núcleo­ sede recebeu o topônimo de Ceres (deusa da agricultura) decorrente do objetivo para o qual foi idealizada. Sob a direção do engenheiro Bernardo Sayão, procedeu-se à demarcação da área, dividida em lotes (quinhões de 26 a 32 há) destinados, por doação, aos colonos, que além das terras recebiam sementes selecionadas, ferramentas, assistência médica, dentária e social, gratuitamente. Em contrapartida, deveriam conservar de 20 a 25% de matas e produzir no restante. Tinham, também, direito a uma casa tipo popular. A posse da terra ficava sob usufruto até que o Ministério da Agricultura outorgasse o título de propriedade definitiva. O objetivo primordial era implantar uma agricultura moderna, fixar o homem no campo, substituindo a rotatividade das terras pelas culturas. Em 1950 Ceres contava com 2230 quinhões (lotes) e 3543 famílias de lavradores, alcançando surpreendente fluxo de progresso, com o advento da rodovia federal Belém-Brasília, atual BR-153, que cortava o município rumo norte, e se torna o pólo de desenvolvimento da Região do São Patrício. Gentílico: ceresino. Fonte: IBGE e Prefeitura Municipal.

Bairros de Ceres