Cidades

Criciuma, SC

Ensolarado
28º C Segunda-Feira
28º
13º
Ter
25º
16º
Qua
26º
15º
Qui
27º
13º
Sex
26º
13º

Criciúma é uma cidade, localizada no estado de Santa Catarina (a sigla deste estado é "SC").


Sobre Censo Demográfico: O Censo realizado pelo IBGE aponta população estimada em 206.918 habitantes, sendo aproximadamente 94.607 homens e 97.701 mulheres. A densidade demográfica de 815.87 km².


As pessoas nascidas em Criciúma/SC são chamadas de "criciumense" (na expressão popular "Quem nasce em Criciúma é criciumense"). Atualmente existem 172.025 alfabetizados. O DDD (Discagem Direta a Distância) é 48


Sobre Religião: Segundo censo na cidade de Criciúma existe 126.807 habitantes da religião católica, 50.431 habitantes da religião evangélica e 2.406 habitantes espíritas.


Sobre IDHM: (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) que é composto por indicadores de três dimensões: longevidade, educação e renda. Este índice varia entre 0 e 1, sendo que quanto mais próximo de 1 maior o desenvolvimento humano. O IDHM de Criciúma/SC é 0.788 .

O código do município de Criciúma do IBGE é 4204608. Existem 85 postos de saúde (SUS) em Criciúma.


Saiba mais sobre Criciúma/SC: Identificamos em pesquisas realizadas em nosso banco de dados que existem aproximadamente 2.417 ruas cadastradas, distribuídas em 98 bairros (publicamos a relação destes 98 bairros organizados alfabeticamente na parte inferior desta página) na cidade de Criciúma/SC. E encontra-se também cadastradas em nossa base de dados cerca de 11.823 empresas, comércios, prestadores de serviço, profissionais liberais, autônomos, dentre outros. Sendo que estes podem ser facilmente encontradas em: applocal.com.br/empresas na cidade de Criciúma/SC.


Município de Criciúma
Município Criciúma
Estado Santa Catarina
Gentílico criciumense
IDH 0.788
População
Total Estimada 206.918 Homens 94.607 Mulheres 97.701 Densidade 815.87 hab./km²
Religião
Católicos 126.807 Evangélicos 50.431 Espíritas 2.406
Fonte: IBGE
A fundação de Criciúma deu-se no ciclo da imigração européia do século XIX, com a chegada das primeiras famílias de imigrantes - 139 pessoas, procedentes das regiões de Veneza e Treviso, na Itália. Esses imigrantes desbravaram a região, enfrentando toda sorte de dificuldades. Construíram casas, estradas e escolas e tiveram a agricultura como principal atividade econômica. A partir de 1890 chegam as primeiras famílias de poloneses, seguidas de imigrantes alemães e dos descendentes de portugueses vindos da região de Laguna.. Fonte: IBGE e Prefeitura Municipal.