Itaituba é uma cidade localizada no estado de Pará (a sigla deste estado é "PA").


Sobre Censo Demográfico: O Censo realizado pelo IBGE aponta população estimada em 98.446 habitantes, sendo aproximadamente 49.681 homens e 47.812 mulheres. A densidade demográfica de 1.57 km².

 

As pessoas nascidas em Itaituba/PA são chamadas de "itaitubense" (na expressão popular "Quem nasce em Itaituba é itaitubense"). Atualmente existem 74.506 alfabetizados.


Sobre Religião: Segundo censo na cidade de Itaituba existe 58.452 habitantes da religião católica, 25.408 habitantes da religião evangélica e 201 habitantes espíritas.


Sobre IDHM: (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) que é composto por indicadores de três dimensões: longevidade, educação e renda. Este índice varia entre 0 e 1, sendo que quanto mais próximo de 1 maior o desenvolvimento humano. O IDHM de Itaituba/PA é 0.64 .

O código do município de Itaituba do IBGE é 1503606. Quantidade de Postos de Saúde e Itaituba, PA: 27.


Saiba mais sobre Itaituba/PA: Identificamos em pesquisas realizadas em nosso banco de dados que existem aproximadamente 185 ruas cadastradas, distribuídas em 21 bairros (publicamos a relação destes 21 bairros organizados alfabeticamente na parte inferior desta página) na cidade de Itaituba/PA. E encontra-se também cadastradas em nossa base de dados cerca de 1.200 empresas, comércios, prestadores de serviço, profissionais liberais, autônomos, dentre outros. Sendo que estes podem ser facilmente encontradas em: applocal.com.br/empresas na cidade de Itaituba/PA.

História da Cidade Itaituba, PA:

Município de Itaituba
Município Itaituba
Estado Pará
Gentílico itaitubense
IDH 0.64
População
Total Estimada 98.446 Homens 49.681 Mulheres 47.812 Densidade 1.57 hab./km²
Religião
Católicos 58.452 Evangélicos 25.408 Espíritas 201
Fonte: IBGE
ItaitubaPará - PA Os fundamentos históricos do município de Itaituba estão ligados à conquista dos portugueses. A primeira expedição que atingiu a região, onde se encontra o atual município, foi a do Capitão Pedro Teixeira, em 1626. Em seguida, chegaram os jesuítas que ali fundaram vários aldeamentos, após Francisco da Costa Falcão ter iniciado a construção do forte, na foz do rio Tapajós, em 1697. Os aldeamentos, então criados, desenvolveram-se. Em 1754, o Capitão General Francisco Xavier de Mendonça Furtado, na condição de governador civil, afastou os jusuítas da direção das aldeias fundadas na zona dos Tapajós e elevou-as à categoria de vila denominada Santarém da Aldeia dos Tapajós. Com esse ato, o vale do Rio Tapajós ficou sob o domínio do Grão-Pará. Desconhece-se precisamente, quando foi originado o município. Sabe-se, porém, que em 1812 já existia o lugar com o nome de Itaituba, cujo desbravador e fundador fora o Coronel Joaquim Caetano. Nessa ocasião, era um entreposto com barracas acompanhando as instalações comerciais. Em 1836, para lá foi enviado um pequeno destacamento do posto de resistência Brasília Legal, fundado no mesmo ano, em decorrência do banditismo desenvolvido na Província do Grão-Pará. Em 1856 Itaituba tornou-se sede do município, cuja instalação ocorreu em 1857. Com a Proclamação da República, obteve foro de cidade. O topônimo, de origem tupi, significa lugar de pedregulhos. Gentílico: itaitubense


Fonte: IBGE e Prefeitura Municipal.