Cidades

Santana, AP

Parcialmente nublado
24º C Domingo
29º
24º
Seg
28º
25º
Ter
28º
25º
Qua
27º
25º
Qui
28º
24º

Santana é uma cidade, localizada no estado de Amapá (a sigla deste estado é "AP").


Sobre Censo Demográfico: O Censo realizado pelo IBGE aponta população estimada em 112.218 habitantes, sendo aproximadamente 50.414 homens e 50.848 mulheres. A densidade demográfica de 64.11 km².


As pessoas nascidas em Santana/AP são chamadas de "santanenses" (na expressão popular "Quem nasce em Santana é santanenses"). Atualmente existem 79.457 alfabetizados. O DDD (Discagem Direta a Distância) é 96


Sobre Religião: Segundo censo na cidade de Santana existe 63.352 habitantes da religião católica, 31.658 habitantes da religião evangélica e 308 habitantes espíritas.


Sobre IDHM: (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) que é composto por indicadores de três dimensões: longevidade, educação e renda. Este índice varia entre 0 e 1, sendo que quanto mais próximo de 1 maior o desenvolvimento humano. O IDHM de Santana/AP é 0.692 .

O código do município de Santana do IBGE é 1600600. Existem 21 postos de saúde (SUS) em Santana.


Saiba mais sobre Santana/AP: Identificamos em pesquisas realizadas em nosso banco de dados que existem aproximadamente 325 ruas cadastradas, distribuídas em 16 bairros (publicamos a relação destes 16 bairros organizados alfabeticamente na parte inferior desta página) na cidade de Santana/AP. E encontra-se também cadastradas em nossa base de dados cerca de 506 empresas, comércios, prestadores de serviço, profissionais liberais, autônomos, dentre outros. Sendo que estes podem ser facilmente encontradas em: applocal.com.br/empresas na cidade de Santana/AP.


Município de Santana
Município Santana
Estado Amapá
Gentílico santanenses
IDH 0.692
População
Total Estimada 112.218 Homens 50.414 Mulheres 50.848 Densidade 64.11 hab./km²
Religião
Católicos 63.352 Evangélicos 31.658 Espíritas 308
Fonte: IBGE
Santana teve início do agrupamento populacional em Ilha de Santana, localizada em frente, à margem esquerda do rio Amazonas, em 1753. Os primeiros habitantes eram moradores portugueses e mestiços vindos do Pará, além de índios Tucuju, comandados pelo desbravador português Francisco Portilho de Melo, que evadiu-se para esta região fugindo das autoridades fiscais paraenses em razão do comércio clandestino de escravos e metais. De sua aliança com Mendonça Furtado obteve o título de Capitão do então povoado de Santana, tendo que em troca disponibilizar uma listagem com aproximadamente 500 silvícolas tucuju sob sua guarda. Concentrado em Ilha de Santana, Portilho de Mello e seus agregados conviveram com a redução da força de trabalho indígena, já que a mortalidade também foi significativa, por causa das inadequadas condições de trabalho. Por ordem de Mendonça Furtado foi instalado e fundado o povoado de Santana, em homenagem a Santa Ana de quem os europeus e seus descendentes eram devotos. Em 1946, com a descoberta do manganês em Serra do Navio por Mário Cruz, Santana experimentou um crescimento significativo, em decorrência da instalação da Icomi (Indústria e Comércio de Minérios). Já no final da década de 50, foi construída a Estrada de Ferro do Amapá, com 19 quilômetros lineares, para o transporte do pessoal e escoamento da produção de manganês com destino ao mercado externo. Dadas as condições geográficas adequadas ao escoamento via fluvial, é escolhido o Canal Norte do Rio Amazonas que propiciava, pela sua profundidade, fácil navegabilidade aos navios de grande calado. Assim é instalado um cais flutuante em frente a Ilha de Santana, gerando empregos, atraindo população e incentivando comércios e indústrias de pequeno porte, estimulando a criação de vilas e ampliando a área urbana do povoado.. Fonte: IBGE e Prefeitura Municipal.