Vitória de Santo Antão é uma cidade localizada no estado de Pernambuco (a sigla deste estado é "PE").


Sobre Censo Demográfico: O Censo realizado pelo IBGE aponta população estimada em 135.805 habitantes, sendo aproximadamente 62.409 homens e 67.565 mulheres. A densidade demográfica de 348.8 km².

 

As pessoas nascidas em Vitória de Santo Antão/PE são chamadas de "vitoriense" (na expressão popular "Quem nasce em Vitória de Santo Antão é vitoriense"). Atualmente existem 93.832 alfabetizados.


Sobre Religião: Segundo censo na cidade de Vitória de Santo Antão existe 82.204 habitantes da religião católica, 29.434 habitantes da religião evangélica e 1.021 habitantes espíritas.


Sobre IDHM: (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) que é composto por indicadores de três dimensões: longevidade, educação e renda. Este índice varia entre 0 e 1, sendo que quanto mais próximo de 1 maior o desenvolvimento humano. O IDHM de Vitória de Santo Antão/PE é 0.64 .

O código do município de Vitória de Santo Antão do IBGE é 2616407. Quantidade de Postos de Saúde e Vitória de Santo Antão, PE: 46.


Saiba mais sobre Vitória de Santo Antão/PE: Identificamos em pesquisas realizadas em nosso banco de dados que existem aproximadamente 912 ruas cadastradas, distribuídas em 28 bairros (publicamos a relação destes 28 bairros organizados alfabeticamente na parte inferior desta página) na cidade de Vitória de Santo Antão/PE. E encontra-se também cadastradas em nossa base de dados cerca de 1.321 empresas, comércios, prestadores de serviço, profissionais liberais, autônomos, dentre outros. Sendo que estes podem ser facilmente encontradas em: applocal.com.br/empresas na cidade de Vitória de Santo Antão/PE.

História da Cidade Vitória de Santo Antão, PE:

Município de Vitória de Santo Antão
Município Vitória de Santo Antão
Estado Pernambuco
Gentílico vitoriense
IDH 0.64
População
Total Estimada 135.805 Homens 62.409 Mulheres 67.565 Densidade 348.8 hab./km²
Religião
Católicos 82.204 Evangélicos 29.434 Espíritas 1.021
Fonte: IBGE
Data de 1626 o início do povoamento local, quando o português Diogo Braga, natural da ilha de Santo Antão do Cabo Verde, estabeleceu-se com a família no local onde hoje está a cidade de Vitória de Santo Antão. Dedicando-se sobretudo à criação de gado, tornou-se a região um conjunto de fazendas criadoras. Diogo Braga, não só por ser Santo Antão o padroeiro de sua terra natal como pelo fato de ser o mesmo santo considerado patrono contra o furto do gado, fez erigir sob a sua invocação uma pequena capela. Em 1645, quando travou-se a célebre batalha das Tabocas, já o núcleo populacional era bastante desenvolvido.Inicialmente conhecido como cidade de Braga, com a morte do fundador passou a chamar-se Santo Antão da Mata, denominação que derivou não do santo invocado, mas da proximidade da mata de São João.Em 1712, o desenvolvimento local fez com que o diocesano Dom Manual Álvares da Costa atendesse ao pedido dos moradores, criando ali uma freguesia. Por provisão do mesmo ano, foi elevada à categoria de paróquia com a mesma invocação de Santo Antão.Em 1811 foi elevada à categoria de vila e, em 1843, a vila de Santo Antão foi elevada à categoria de cidade, tendo seu nome sido mudado para Vitória, em homenagem à vitória dos pernambucanos sobre os holandeses na batalha do monte das Tabocas. Em 27 de junho de 1880, por motivo de lutas partidárias e em vésperas de eleições municipais, foi a cidade teatro de grande hecatombe, resultando grande número de feridos e mortos, entre os quais o barão de Escada, Pedro Francisco dAlbuquerque e Sá e outros.


Fonte: IBGE e Prefeitura Municipal.